Patagônia Austral em Três Passos

Nossa executiva de vendas, Claudia Rivera, conta sua intensa programação a equipe de GoChile, que percorreu  em seis dias as principais atrações da Patagônia Austral: Punta Arenas e as pinguineras de Seno Octay, Puerto Natales e os Glaciares Balmaceda e Serrano e Torres del Paine com Glaciar Perito Moreno. Um pacote incrível.

Por Claudia Rivera

 

Aproveitamos antes do início da temporada alta para fazer uma visita a Punta Arenas,Puerto Natales e Torres del Paine , visitando nossos fornecedores e inspecionando os seus serviços.

Em Punta Arenas nos hospedamos no Hotel Dreams do Estreito, que é provavelmente o melhor da cidade. Seu restaurante tem um almoço buffet  de muito boa qualidade e não muito caro. À noite, o bar, localizado no piso superior, é um local de encontro divertido com vista para o mar. Este, juntamente com o Casino Punta Arenas é certamente uma grande mistura para um boa noite de curtição.

De Punta Arenas visitamos as pingüineras do Seno Octay. O sol é muito forte nessa área, o brilho é impressionante, muito bonito e pinguins estão formando suas tocas, fazendo cavernas subterrâneas.

 

De Puerto Natales aos  glaciares

No dia seguinte, começamos a viajar para Puerto Natales. Nos hospedamos no Hotel Indigo, um hotel boutique com estilo minimalista, com espaços muito confortáveis​​. Os diferentes pisos do hotel possuem redes onde os passageiros podem ser acomodados para ler ou ouvir música e o Spa localizado no piso superior que tem uma vista maravilhosa sobre o fiorde de Ultima Esperanza.

O Hotel também possui um acolhedor  lounge bar, linda vista e excelente Pisco Sour. Não há TV ou telefone no quarto e apesar de terem wi-fi, se o turista quer se conectar à Internet deve ser a partir do notebook (ou outro equipamento).

Outra alternativa que visitamos e mais econômico, é o Hotel Charles Darwin, um hotel para turista promedio e com uma atenção privilegiada.

Saindo de Puerto Natales realizamos uma navegação através dos glaciares Balmaceda e Serrano, acima do catamaran Agunsa, que tem alojamentos turísticos de classe turista e VIP. O primeiro está localizado no primeiro andar do barco com assentos e o VIP é no segundo andar e tem mesas e cadeiras “poltrona”, bem como a possibilidade de entrar na ponte de mando e estar na coberta, tendo acesso ao arco .

A viagem começa no porto de Puerto Natales. À medida que avançamos na água observamos a costa os hotéis Weskar, Remota, Antiplanico, e o edificio de  Frigorífico Bories (monumento nacional), ao lado do qual está o Hotel The Singular, que tem um Frigorífico como uma de suas atrações .

Navegamos através do Fiorde de Última Esperança, visualizando no trajeto belas cachoeiras e glaciares. Chegando ao Monte Balmaceda, embora impressionante, se preocupa com seu enorme retrocesso que evidência. É triste pensar que muitos desses gigantes de gelo estão na mesma condição.

A viagem continua até o Glaciar Serrano, chegando a Puerto Toro, em pleno Parque Nacional Torres del Paine, onde descemos à terra para iniciar uma caminhada de 30 minutos sem muita dificuldade, através de uma bela floresta. Em um lado da estrada está o lago … onde alguns icebergs flutuam à medida que avançamos, indicando que nos aproximamos da geleira, que deságua no lago, em um silêncio impressionante.

Ao voltar para Puerto Natales subimos no ônibus para chegar a uma estacia típica da área e desfrutar de um delicioso assado patagônico recuperando-se do frio da viagem. Depois de três horas terminamos a turnê no cais da cidade.

 

De Torres del Paine a Perito Moreno

Juntamente o nosso operador local, Comapa, visitamos a Cueva del Milodon, localizado a 24 km de Puerto Natales. Tem esse nome porque em 1896 encontraram vestígios de pele e ossos de Milodon , um animal herbívoro gigante, como um bicho-preguiça, extinto há milhares de anos. Este lugar é o primeiro ponto para se visitar como é um tour de dia inteiro para Torres del Paine, aqui há uma parada de 30 minutos.

Depois de visitar alguns dos hotéis que estão dentro do parque e que vendemos em nosso site (Patagonia Camp, Lago Grey , Hosteria Pehoe, Hosteria Las Torres, Explora), fizemos uma pausa para o almoço no restaurante do camping Pehoé, onde normalmente os passageiros são levados quando eles fazem uma excursão de dia inteiro. A concessão do serviço tem  Sodexo e um bem pensado menu para turistas, muito “reponedor” com uma bela vista do Cuernos del Paine.

Como sabemos, o Parque Nacional Torres del Paine é enorme e tem muitos lugares para visitar, cada uma das enormes riquezas naturais, como você pode ler na nossa reportagem sobre Torres del Paine.

Ficamos no Hotel Rio Serrano. É enorme, tem espaçosas áreas comuns e quartos muito confortáveis​​. Os quartos Superiorea tem uma impressionante vista do Maciço Paine. Embora não seja tecnicamente localizado no parque, mas a cinco quilometros a partir da entrada, é um dos melhores hotéis em infra-estrutura e serviços.

Desde o hotel começa, no dia seguinte, o nosso tour  ao Glaciar Perito Moreno na Argentina, pelo dia inteiro. Nos passarão a buscar as 07:00 hrs, bem como os passageiros em outro alojamento.

A primeira parada do trajeto é na fronteira , onde são realizados os trâmites para sair de Chile. Dependendo da quantidade de passageiros que estejam no mesmo procedimento, o trâmite poderá demorar pelo menos 20 minutos. Uma vez em território Argentino demoramos 3 horas para chegar a Calafate e outros 40 minutos para chegar ao Parque Nacional Perito Moreno através de uma imensa  estepe patagônico, vendo a distancia o Lago Argentino e o rio Santa Cruz. Como o caminho é Longo fizemos duas paradas para “esticar as pernas” e ir ao banheiro caso necessite.

Da entrada do parque já se pode ver , de longe, como o glaciar Perito Moreno de solta. Subimos o monte através de um bosque patagônico para finalmente chegar na imensa massa de gelo que cai através das montanhas. Descemos por passarelas e nos aproximamos cada vez mais das altas Torres de gelo. O dia estava espetacular, o céu limpo e sol brilhava no lago. A longa viagem valeu a pena.

Depois de duas horas apreciando a paisagem começamos a voltar, mas antes de irmos fomos ao centro da cidade de Calafate para andar nas ruas por cerca de 15 a 20 minutos. Chegamos em Puerto Natales às 23:00 horas, exaustos, mas prontos para voltar ao Santiago