Cerveja chilena ganha concurso mundial da especialidade

O evento contou com marcas vindas do México, Brasil, Peru, Argentina, Noruega, Bélgica e Chile

O concurso “Chile Beer Cup” apresentou mais de 200 marcas nacionais e internacionais. Organizado pela Revista Bierfest Magazine, coroou em sua primeira edição a cerveja Granizo de Olmué, com medalha de ouro nas categorias de melhor “Cerveza de la Copa”, melhor cerveja chilena e melhor cervejaria chilena.

A cervejaria Granizo se destaca por seu caráter regional e autossustentável, aproveitando a energia solar para produzir suas eco-cervejas e fabricando cerca de 2.000 garrafas por mês. Para seu criador, o enólogo Oscar Garrido, este prêmio significa “um enorme reconhecimento por valorizar um produto no qual não é comum utilizar energias renováveis, por isso agradecemos muito aos organizadores, pela qualidade do evento e pelos jurados que nos qualificaram”.

O concurso contou, neste ano, com uma exaustiva cata a cegas, a qual foi liderada por juízes internacionais, com destaque para Gordon Strong, presidente e criador da BJCP (Beer Judge Certification Program), cuja norma é utilizada para qualificar a qualidade das cervejas em todo o mundo.

Para a organização, a realização do “Chile Beer Cup” é um enorme reconhecimento para a indústria nacional. “Tivemos um record de participação de cervejas nacionais, se comparada com outros concursos realizados anteriormente, inclusive os resultados superaram nossas expectativas, já que a convocatória dos cinco dias teve muito sucesso. Por isso esperávamos ansiosos a oportunidade de realizar outra versão”, indicou Fabiola Ortiz, organizadora do evento.

Outras medalhas de ouro também foram entregues às cervejas Backer Tres Lobos na categoria American Pilsner; Jester na categoria Manitoba; Küdell na categoria Saison e Backer na categoria Trigo.